O meu post de hoje é um pouco diferente dos que eu costumo fazer. Como vocês sabem, aqui na Francisca Joias, sempre buscamos melhorar o que fazemos. Investimos em cursos, treinamentos e cada colaborador coloca em prática o que sempre falo: “hoje melhor que ontem”. Com esse pensamento a Roberta Halegua, gerente aqui da Francisca Joias, participou de uma imersão incrível da EAG-Empresa Auto Gerenciável e falou um pouco de como foi a experiência dela. E não queria falar não, mas a bicha arrasou, viu? Dá uma conferida no que tô querendo falar:

Olá pessoal, vim aqui contar para vocês a grande oportunidade que tive através da Francisca Joias nesses últimos dias. Além de um momento de muita troca, aprendizado e desafios como empreendedora, pude reestruturar pensamentos, planejar ações e avaliar a empresa como um todo até mesmo na minha vida pessoal.

Passei três dias em uma imersão na EAG- Empresa Auto Gerenciável, que tem o objetivo de fazer com que nossos negócios se auto gerenciem para que possamos focar na parte estratégica, tornando assim a sustentabilidade do negócio algo tangível e mensurável para que se torne capaz de ser controlado e planejado.

Foram dias de muito conhecimento e exercícios práticos que nos fizeram não só conhecer a técnica  mas também como aplicar, além de interagir com empresários fantásticos. Desta oportunidade eu saí com a certeza de que preciso mudar a forma de me organizar e várias lições aprendidas. Uma delas é que perdia muito o domínio do meu tempo, dando atenção ao que era urgente mas nunca ao que é realmente importante e isso faz toda a diferença.

Além disso, posso afirmar que nosso capital humano precisa ter clareza de suas responsabilidades, demandas bem definidas, autonomias e acima de tudo, expectativas alinhadas com seu propósito na empresa e até mesmo com sua função. Aprendi também que é necessário praticarmos a gratidão diariamente e deixar de murmurar por tão pouco, o que pode se tornar muito quando reclamamos com frequência além de acabar com nosso humor e até mesmo deixando nossa produtividade em segundo plano.

Desejo realizar atividades que sejam importantes e não emergenciais, quero atingir na maior parte do meu tempo o estado de “FLOW”, onde meu desempenho e minhas habilidades estejam em alta, gerando o meu melhor resultando e tornando meus dias além de produtivos, intensos e cada vez mais prazerosos.

Posso levar comigo que preciso além de fazer networking por onde passo, fazer netlife. Que sejam contatos que eu possa levar para a vida como mentores, parceiros de trabalho ou até mesmo novos conhecimentos onde haja uma troca de coisas boas e muita parceria.

As oportunidades acontecem e as coisas só mudam quando é nossa decisão mudar! Eu decidi mudar, e você?

Roberta Halegua