Eu assisti um filme que transformou a minha forma de ver o mundo dos negócios: O Vendedor de Sonhos. E hoje, vou te contar 3 coisas que aprendi com esse filme brasileiro. Esse aprendizado está totalmente ligado a forma como conduzimos uma empresa e equilibramos com a vida pessoal: família, saúde e amigos.

Se você ainda não consegue administrar esse equilíbrio vai valer a pena ler cada palavra desse artigo. Além disso, vou colocar o filme completo lá no final do texto. Vamos lá, que estou ansiosa pra compartilhar sobre essa transformação de vida!

Saúde x Empreender

Arrume um tempinho para praticar atividades físicas, fazer meditação ou apenas dar uma caminhada no parque ou na praia. Mova-se, mexa seu corpo diariamente, busque usar escadas em vez de elevador, ou apenas ligue o som bem alto e dance como no clipe abaixo: Flashdance – She’s a Maniac. haha

Além disso, tome pelo menos 2 litros de água por dia, durma de 6 a 8 horas todas as noites e tenha uma alimentação balanceada. Procure ingerir mais frutas, legumes e verduras.

Eu aprendi que esses alimentos transformam nossa saúde, pois detoxificam o fígado, equilibram o PH sanguíneo e nos fornece energia pra conduzir uma boa jornada de produtividade. 😉

Família e amigos x Empreender

Tire um tempo para dedicar a quem você ama. Essas relações humanas são as únicas coisas que realmente valem a pena celebrar. As lembranças que deixaremos com as pessoas que amamos serão de amor e momentos inesquecíveis.

Afinal, ninguém pode viver para sempre. Mas essas memórias serão eternas no coração de nossos amigos e familiares. Tenho certeza que você começou a empreender porque queria ter dinheiro para viajar mais, para ter passeios melhores, ter independência. Quem é escravo do trabalho não aproveita nada disso.

Leia Mais

• Talento é chave do sucesso? Não, o nome disso é disciplina

• 5 coisas que você deve fazer pra ser uma empreendedora de sucesso

Terceira lição e filme completo

Como prometido vou deixar aqui embaixo o link com o filme completo. Mas antes disso, quero deixar meu terceiro aprendizado com esse filme: ser é mais importante do que ter. É isso mesmo, querida empreendedora.

Não se iluda querendo construir um império milionário, mas com pouca ou nenhuma  relação humana. O índice de suicídio é bem maior entre pessoas ricas. Será que dinheiro é realmente riqueza? Essa é a reflexão que quero deixar pra você!

Agora, o filme haha. Ele foi baseado no livro de Augusto Cury, é um filme brasileiro de Jayme Monjardim com Dan Stulbach, e foi do ano passado(2016). Ele é um guia imperativo de como viver melhor: faça/não faça, seja/não seja, tenha/não tenha etc. Preste atenção em cada detalhe da película. Chega de falar, pois quero muito que você assista também, então dê o play!haha.

Amiga, tenho certeza que assim como eu, você derramou algumas lágrimas assistindo esse filme. Além disso, o seu pensamento deve ter mudado e você deve estar com vontade de abraçar cada pessoa que julga ser importante na sua vida.

Você não precisa abandonar seu sonho de empreender, é difícil pra todo mundo, e às vezes você precisar abrir mão de alguns momentos com a família mas faça disso uma exceção, apenas uma fase e não uma regra constante.

Você deve buscar o equilíbrio para se cuidar e valorizar as coisas que realmente possuem valor (aquelas que o dinheiro não pode comprar). E por falar nisso, o que você achou do texto e do filme? Me conte nos comentários!