Você criou preços diferentes de acordo com a forma de pagamento (dinheiro ou cartão) e agora precisa fazer seu negócio bombar? Antes considerada prática abusiva, a regra mudou com a publicação de uma Medida Provisória (a MP 764), aprovada no Senado e sancionada pelo presidente da República, Michel Temer.

A lei oficializou algo que já ocorria, informalmente nos pequenos negócios. Eu acredito que essa medida pode melhorar o fluxo de caixa e o desenvolvimento das pequenas empresas, se souberem usar a seu favor. Por isso hoje, vou te revelar 3 coisas que você deve fazer para gerar mais vendas aproveitando essa diferenciação na forma de pagamento.

Faça etiquetas

Um mesmo item pode ser comercializado com valores diferentes, geralmente com vantagens para os clientes que pagam à vista. Então se você tem uma lojinha física crie etiquetas maiores e coloque a informação de desconto para pagamento no dinheiro. Essa opção bomba!

Sinalize na sua loja

No seu caixa, tenha a informação sinalizada: “no dinheiro, tem desconto”. No passado o Sebrae realizou uma pesquisa sobre Uso da Máquina de Cartão, que atestou o uso de maquininhas por apenas 28% dos microempreendedores individuais, que basicamente trabalham apenas com dinheiro ou cheque. Ou seja, se você faz parte dos negócios que preferem trabalhar com dinheiro, vale a pena ressaltar os benefícios para seus clientes.

Leia Mais

• Talento é chave do sucesso? Não, o nome disso é disciplina

• 5 coisas que você deve fazer pra ser uma empreendedora de sucesso

Faça posts nas redes sociais

Empreendedora, a dica para diferenciar preços é saber o quanto os custos com o cartão pesam no preço final ao consumidor, considerando taxas e juros por antecipação de recebíveis.

Com essa informação, você consegue saber exatamente o percentual de desconto que pode oferecer. Assim, evitará o risco de prejudicar a lucratividade e a competitividade. Aproveite seus canais nas redes sociais e faça posts sobre o assunto. Espalhe os benefícios!

E esse foi texto de como aumentar os resultados de vendas fazendo diferenciação de forma de pagamento. Eu adoro falar sobre esse tema, afinal consigo compartilhar as melhores práticas com vocês. E por falar nisso, o que você achou desse texto? Você já aproveita todo o potencial das formas de pagamento na sua lojinha? Você já usa as dicas que contei aqui hoje? Conta pra mim nos comentários!