As coisas mudam, não canso de falar sobre a globalização, está na hora de ter atenção nas tendências do varejo para 2018 e captar as novidades. Eu como empreendedora penso todos os dias, como captar mais clientes, como reter aqueles que me acompanham e já percebi que o relacionamento precisa ser estreitado.

Precisamos mudar ainda mais a nossa maneira de falar, em todas as plataformas e enxergar as oportunidades, por isso estou de olho nas tendências do varejo para 2018. Ligue seu radar e veja o que eu já mapeei e que pode dar certo para o próximo ano:

1 – Interatividade por vídeo

Precisamos, urgentemente, aderir aos vídeos, seja Youtube, Instagram, Facebook, chegou a hora de compartilhar conversas nas mídias sociais. Abrir esse canal com os clientes vai ser fundamental para toda e qualquer estratégia, já que os clientes também falarão com você e de você por esse meio.

Mas é preciso se estruturar, já que o vídeo tem um ciclo de vida curto e precisa ser recorrente e impactante para fazer efeito, esse é o caminho para se aproximar ainda mais dos nossos clientes.

2 – Cuide das relações humanas, todos os dias!

A empresa é o reflexo da aplicação da sua filosofia, e isso reflete cada vez mais nas pessoas, não só nos funcionários, mas principalmente nos clientes. Já pensou que a sua cliente, que sempre compra de você, também pode participar do processo seletivo para trabalhar na sua empresa? Ela pode ter uma decepção se descobrir que lá não acontece o que se prega.

Quando essas contradições aparecem, rapidamente se espalham de forma negativa. Empresa, colaboradores e clientes fazem parte do mesmo ciclo e estão inseridos no seu cotidiano.

Leia mais

• 5 tipos de comportamento que geram resultados

• 5 dicas de ouro para melhorar o SAC da sua empresa

3 – Tenha canais alinhados

A tecnologia é decisiva para o poder de compra hoje em dia. O consumidor é altamente seletivo e observador na arte de ver se você fala a mesma língua em todos os lugares. Para se ter um site mal feito, é melhor que não tenha, já imaginou que a pessoa pode estar na sua loja física e consultando seu site, fazendo comparações sobre seus produtos.

Não podemos mais separar o físico do digital, por isso, alinhar a comunicação e saber se comunicar de forma igual em tudo é essencial.

4 – Varejo híbrido

Você já ouviu esse termo? Pois é, tá na hora de diversificar. Algumas lojas já estão antenadas e criando lugares onde é possível encontrar produtos de segmentos diferentes. Oferecer essa mistura é um desafio, mas é uma tendência do varejo para 2018, segmentar corretamente e fazer como se fosse uma loja de departamentos, mas com um pensamento mais amplo para o seu público.

Já existem lojas que vendem roupas, sapatos, acessórios, itens de decoração e produtos de beleza, todos para o público jovem.

5 – Tendências do varejo em 2018

E você, já pesquisou sobre o mercado e suas tendências? Sobre quais novidades estão sendo faladas no mundo? Se ainda não fez isso, chegou o momento de estudar e se dedicar, nós precisamos acompanhar as mudanças e nos adaptar, senão estaremos fora do mercado. Não pare no tempo, se atualize e traga seu negócio para os novos tempos, a força tá com você.

Tem algo novo que você também observou? Compartilhe conosco aqui ou no meu Facebook, para que possamos debater isso lá, sucesso!