Empreender é um eterno aprendizado, como sempre digo, estudar o mercado e o negócio é essencial, e conhecer o modelo de elisão fiscal é uma necessidade. O modelo de elisão fiscal vai te ajudar a pagar menos impostos, e o melhor que será de uma maneira legal, sem sonegação e tudo dentro da lei.

Com a nossa carga tributária tão elevada, essa é uma boa ideia, concorda? Pagar menos impostos e não praticar ato ilegal é o sonho de qualquer empreendedor, pois vou te dar umas dicas sobre a elisão fiscal.

1  Elisão fiscal

Isso, nada mais é que um bom planejamento tributário. Você pode fazer isso com ICMS, substituição tributária, vai depender do seu enquadramento fiscal.

Ter planejamento é fundamental para qualquer atividade, com isso a sua empresa vai praticar uma gestão tributária eficiente e inteligente.

Essa gestão vai se dar do seu entendimento do assunto, com as orientações do seu contador, para que possam aproveitar qualquer economia com os tributos.

Essa prática se difere totalmente da sonegação fiscal, ato em que se para de pagar impostos ou se arruma meios ilegais para não pagar.

Leia mais

• Faça um plano de negocio simplificado

• Finanças pessoais e empresariais, posso misturar?

2  Como minha empresa pode praticar a elisão fiscal?

Praticar a elisão fiscal é adotar as melhores práticas para gerir os tributos da sua empresa, se aproveitando, de maneira legal, das permissões ou omissões da lei para diminuir o peso dos impostos sobre o nosso orçamento.

Não precisamos nos tornar expert em contabilidade para fazer isso, ter um bom contador é o suficiente para que ele coloque nossa empresa nos trilhos certos.

A elisão fiscal vai te trazer uma boa economia, mas não tente isso sozinho, procure ajuda, caso contrário pode infringir a lei e ir ao desencontro daquilo que estamos falando aqui.

Então, a palavra-chave é planejamento, dentro do planejado vai estar a parceria e o seu interesse em entender o suficiente sobre tributação.

Pode até ser que a sua empresa já esteja se valendo desse benefício e você ainda não saiba, vá atrás e certifique-se disso.

3  A importância do contador

Um contador atento e fiel aos seus clientes, enxerga as brechas da lei e as maneiras legais de se beneficiar das falhas nos textos.

Todos os regimes, como: simples nacional, lucro real, lucro presumido, possuem falhas que podem favorecer a sua empresa e te dar uma folga pequena no caixa.

A escolha do regime tributário pode ser feito na abertura da empresa ou em janeiro, quando podemos modificar a forma de recolhimento de imposto.

Até no local da instalação da sua empresa pode haver incentivos fiscais, alíquotas menores, e usar essa inteligência para gerir é nossa marca.

Mas como, você pode saber isso tudo se tem formação na área? Por isso ter esse profissional ao lado é tá importante, ele é especialista e pode ajudar seu negócio a economizar e gerir com mais austeridade.

Não há nada de ilegal nisso, há inteligência e versatilidade.

Não fique parada, corra atrás e faça tudo dentro da lei, para depois poder comemorar e compartilhar com as amigas, sucesso!