Encontrar clientes ou ser encontrado pelos clientes, essa é uma das grandes diferenças entre Google e Facebook. Mas quando se trata de vendas, qual canal gera mais resultados? Hoje, vou te contar alguns conceitos e truques que vão te fazer definir qual a plataforma ideal para investir em publicidade.

Facebook Ads

O Facebook Ads permite criar anúncios visuais e de consumo rápido com textos, links, vídeos e fotos, que podem redirecionar para a fanpage da sua empresa ou diretamente para um site externo. Além disso, existem 10 tipos de objetivos de marketing no Facebook Ads.

Veja em números, o potencial de alcance do Facebook:

  • O Facebook tem o maior número de usuários ativos por mês: mais de 1.28 bilhão
  • E chega a 1 trilhão de visualizações por mês
  • Totalizando um potencial de alcance de 43.8% de todos os usuários de internet do mundo!

 A grande sacada para vendas com esse tipo de publicidade é definir bem a estratégia e fazer uma escolha refinada do público. O interessante é que apesar de trabalhar com público-alvo você pode usar alguns dados mais intimistas como numa buyer persona, por exemplo: interesses, ações e marcações feitas, estado civil, faixa salarial etc. Quanto mais você refina e segmenta o público maior a chance de conversão.

Em termos práticos, o Facebook encontra possíveis clientes para você. Ele interrompe de forma sutil e relacionada ao interesse, aparecendo na timeline dos usuários. Então se você busca atrair clientes para o topo do funil de vendas, ou seja, fazer um volume para o  início da relação de vendas essa é a ferramenta ideal.

Google Adwords

Falando em funil de vendas, o Google Adwords é especialista em fazer sua empresa ser encontrada por clientes que já estão no meio ou no fundo do funil, portanto mais propensos a realizar o fechamento da compra. O Google Ads é uma ferramenta de marketing digital que já está consolidada há bastante tempo. Ele foi lançado em 2000, com apenas 350 anunciantes.

Basicamente qualquer usuário de internet no mundo utiliza o Google diariamente. Mas vamos colocar isso em números mais precisos:

  • São mais de 40.000 pesquisas realizadas no Google por segundo
  • E 180 bilhões de pesquisas por mês
  • Com o Google Adwords, 2.6 bilhões de pesquisas por mês exibem ads dos anunciantes
  • Totalizando um potencial de alcance de 90% de todos os usuários de internet do mundo!

O Google Ads permite criar anúncios de texto redirecionando para seu website, um hotsite, uma página de mídias sociais. Ele funciona assim: você cria um anúncio e dá um lance na palavra-chave escolhida. Quando alguém fizer uma busca pela mesma palavra-chave que você utilizou no seu anúncio, ele vai ser exibido junto com os resultados, nas posições de topo.

Qual é o melhor para o meu negócio?

Muita gente me pergunta sobre como é feito o pagamento a cada um dos canais. Entenda os dois aceitam o pagamento no cartão de crédito: no Google você irá pagar por click, enquanto no Facebook você paga de acordo com o objetivo escolhido (curtida, clique, visualização, interação etc.).

Nos dois casos, quem define o orçamento é você. Lembre-se do ROI ou retorno sobre investimento de campanhas quando for estipular esse valor. Com a minha experiência, percebi que a geração de leads no Google costuma ser mais cara, porém é mais qualificada. Enquanto no Facebook, você consegue muito volume, por um baixo custo.

A grande sacada é que você não precisa escolher apenas uma opção. Facebook Ads e Google Adwords não são rivais! Como esses canais atendem a objetivos diferentes, você pode mesclar o uso dos dois. O primeiro vai atrair consumidores em potencial para gerar nova demanda; enquanto isso, o segundo vai atender a uma demanda que já existe. E, combinados, eles vão garantir máxima visibilidade para o seu negócio.

Leia Mais

Talento é chave do sucesso? Não, o nome disso é disciplina

5 coisas que você deve fazer pra ser uma empreendedora de sucesso

Amiga empreendedora, o marketing digital é sua grande chance de aumentar o reconhecimento da sua marca e se tornar presente na cabeça dos consumidores. E custa muito menos do que o marketing tradicional (TV, rádio, impresso, outdoor etc.). Inclusive, as grandes empresas estão migrando a verba do marketing para o meio digital, por perceberem o grande potencial. E por falar nisso, você já usa essa arma de vendas? Me conte nos comentários!