Você já se perguntou como sempre recebe na tela de seu computador ou celular anúncios relacionados às pesquisas ou visitas em sites que você fez recentemente?

Muitas pessoas são alcançadas pelo remarketing, mas não sabem que também podem utilizá-lo para alavancar seus negócios – tanto B2B quanto B2C. Neste post vou te explicar melhor o assunto e trazer algumas dicas na hora de criar sua campanha.

Saiba o que é remarketing, qual sua função e como utilizar em sua estratégia de Marketing Digital para obter mais resultados.

O que é remarketing?

 

Se você nunca ouviu falar ou já sabe mais ou menos o conceito, remarketing ou retargeting é uma estratégia que marca e identifica os usuários que já visitaram o seu site e passa a exibir seus anúncios com mais frequência para eles.

Ou você acha que é por a caso quando fica visualizando os anúncios da Francisca, toda vez que visita o site? Isso mesmo! Com o remarketing é possível mostrar para o visitante exatamente o produto que ele acessou ou peças relacionadas, mesmo após ele ter saído do site sem sequer fazer o cadastro.

Num universo onde 97% dos visitantes de um site não convertem na primeira visita, essa estratégia é uma mão na roda para aumentar a taxa de conversão. Por isso, vou te contar hoje, como usar essa estratégia nos anúncios do Google e do Facebook. Caneta e papel na mão! Vamos lá!

Remarketing no Google

Para fazer o remarketing no Google Adwords, você pode escolher a opção rede de display ou rede de pesquisa. Na primeira o seu anúncio pode ser em formato de imagem e irá aparecer em sites que fazem parte da rede de parceiros do Google. Já na segunda seu anúncio de texto vai aparecer nos resultados de quem está fazendo novamente uma busca pelo assunto.

Mas essa opção não aparece logo de cara no painel do Google Adwords, é preciso clicar na biblioteca compartilhada (shared library), à esquerda. Depois clicar em visualizar abaixo de Públicos-alvo. Para só então poder escolher configurar o remarketing.

Para iniciar a sua configuração o Google irá então oferecer para enviar instruções a você, ou apenas use a sua tag do Google Analytics, que faz isso ser realmente fácil. Depois que você passou por isso, pode clicar na lista de remarketing e criar uma nova lista para os visitantes do site.

Então você tem que definir as proporções. Escolha os visitantes de uma página com uma tag específica e, em seguida, selecione nova tag. Você vai obter um novo código para colocar na sua página. Defina a duração de 180 dias (esta é a duração máxima para salvar seus dados de visitante). Então salve e será levado para a próxima página com o code snippet.

Largue este código na tag corpo do seu código HTML na página que você deseja ratrear (fazer desta a sua página de produto do item que você está tentando vender). Em seguida a sua lista começará a crescer e, mais tarde, você poderá selecionar este público para anunciar.

Leia mais

• 5 erros mais comuns na gestão do negócio

• 4 sinais de falência no curto prazo

Remarketing no Facebook

Outra opção que você pode explorar é o remarketing do Facebook, que funciona de maneira similar à Rede de Display do Google, onde os anúncios de remarketing aparecem dentro da rede social, seja no feed de notícias ou na barra lateral.

Assim como no Google, você não encontrará isso de forma fácil no Facebook. É preciso, primeiramente, criar seu Pixel no Gerenciador de Negócios e instalar na seção “Header” do seu site ou da página que deseja monitorar.

Se você estiver no Wordpress e não for muito bom com HTML e CSS, também pode simplesmente colocar o código como um texto widget em seu rodapé ou cabeçalho. É sempre bom monitorar as suas páginas de agradecimento e checkout.

Para isso, você deve criar conversões personalizadas. O Facebook, em seguida, acompanhará todos os visitantes do seu site e você poderá criar um público personalizado para exibir seus anúncios  para aqueles visitantes.

Remarketing na prática

Não se assuste com tantos termos técnicos! Esse tipo de anúncio é mais elaborado, mas possui um retorno que vai te surpreender. Existem vários tutoriais nas próprias plataformas para te ajudar nesse processo.

O meu objetivo com esse texto é te mostrar o leque de opções para aumentar as vendas da sua lojinha. Amiga empreendedora, apenas 3% das pessoas compram num primeiro contato com seu site.

Remarketing é única coisa que você pode fazer para alcançar os 97% que simplesmente abandonaram seu site sem preencher o cadastro ou simplesmente na hora de inserir os dados do cartão.

Meu conselho é que você tenha ofertas específicas com uma landing page de conversão para a venda dos produtos mais visitados.

Tenha também uma página de agradecimento para cadastro que tiver no seu site, dessa forma você pode configurar o rastreamento extamente para o perfil de pessoas que convertem.

No mais remarketing é sobre conhecer as pessoas que acessam seu blog, site ou e-commerce. Fique atenta às possibilidades e arrase!

Dica bônus

  •  Configure audiências relevantes. Mantenha o foco em públicos que sejam interessante de ser impactados pelo remarketing;
  • Crie anúncios específicos para cada público. Quanto mais próximo do objetivo do usuário melhor. Por exemplo, se ele entrou na página de preços de determinado produto de seu site, pode exibir para ele anúncios sobre o produto, com talvez um desconto atrativo;
  • Tenha boas Landing Pages. Não adianta fazer um bom anúncio e levar o visitante para a home do site. Lembre-se de ajudá-lo a encontrar seu objetivo – e, claro, converter.
  • Fique sempre ligada nas métricas para analisar os resultados de seus esforços. É importante lembrar que não apenas o CPC (Custo por Clique) merece atenção, mas também o CPA (Custo por Aquisição), ou seja, o seu gasto real para cada conversão gerada pela campanha.
  • Tenha cuidado com o excesso de exibições para um determinado usuário, já que isso pode cansá-lo. É recomendado não ter mais do que 10 visualizações por pessoa.

Esse foi o nosso texto sobre como fazer remarketing de forma correta para gerar resultados. Agora você já sabe os conceitos, conheceu exemplos práticos e já conhece as ferramentas.

Então chegou a hora de colocar  a mão na massa. Siga as dicas acima, mostre seus anúncios para o público que já visitou seu site e aumente suas vendas. E por falar nisso, conseguiu assimilar todos os pontos? Deixe suas dúvidas nos comentários!