Nós, empreendedoras, precisamos estar prontas para as oportunidades, inclusive para fazer a exportação do nosso produto. Você já pensou nesse assunto? Quando o mercado interno apresentar instabilidades, como tem acontecido ultimamente, precisamos ligar nossos radares inclusive para o exterior. Prestar atenção no mercado, se colocar preparado e consistente para estar à disposição dos importadores é mostrar que todos os conceitos de gestão estão sendo aplicados, além da sua dedicação no negócio.

1 Quem pode fazer exportação?

Todos, desde que estejam com suas atividades regulares, com o regime de tributação correto, para se adequar a todas as questões contábeis e fiscais. Observando essa minha afirmação, é tranquilo afirmar que empresas de qualquer porte, desde que organizadas, podem mandar seus produtos para fora do país.

2 Qual a documentação necessária?

O documento mais importante é o RADAR (Registro de Habilitação no Ambiente de Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiro) é por ele que a Receita rastreias as empresas de comércio internacional. Ele também habilita que a empresa possa praticar a exportação, com cadastro no SISCOMEX (Sistema Integrado de Comércio Exterior).

Mas vamos listar o restante:

  • Fatura Proforma;
  • Fatura Comercial;
  • Romaneio;
  • Conhecimento de embarque;
  • Certificado de origem
  • Apólice de seguro;
  • Carta de crédito;
  • Registro de exportação;
  • Nota fiscal;
  • Comprovante de exportação;
  • Contrato de câmbio;
  • Contrato de câmbio de compra;

Viu como a organização é importante, o seu contador é fundamental nesse processo, vai ser seu melhor auxílio.

3 Quais os cuidados devo tomar?

A embalagem é o que mais deve nos preocupar, como o processo até o cliente será longa, precisamos de algo bem resistente e ainda mais inspiradora, pra que ele seja surpreendido ao receber. É muito importante estar ciente de toda legislação e tributação, e estudar as restrições de cada País que vai receber a sua embalagem.

Prepare todos da sua equipe para entender muito bem o processo, faça reuniões periódicas, até que ninguém tenha dúvida sobre a responsabilidade que é exportar.

Leia mais

4 Como definir a estratégia de exportação?

O primeiro passo é estudar tudo sobre o assunto, logo após, faça esse check list com você e sua equipe, para alinhar o pensamento e fazer seu planejamento:

  • Para onde vamos exportar?
  • Qual o objetivo de exportar para tal lugar?
  • Quais a condição de exportação desse País?
  • Qual o melhor processo logístico para essa operação?
  • Qual a característica e documentação é exigida?
  • Minha equipe e assessoria contábil estão preparados?

Respondendo essas perguntas e chegando ao seu objetivo, chegou a hora de planejar e expandir para o mundo.

5 Quem cria as oportunidades?

Essa resposta é tão fácil, claro que somos nós! Nada nessa jornada vem de graça, sabemos disso, então vamos criar novas ideias, oportunidades, negócios e mirar o topo do mundo, sempre com serenidade e inteligência.

Vamos juntas, me sigam no Instagram e no Facebook e vejam as novidades que deixo por lá todos os dias.