Ser líder é diferente de ser gestor, sendo um grande dilema para as empreendedoras. Mas precisamos ter as duas habilidades para dosar o nosso comportamento. Apesar dessa diferença ser clara, muita gente ainda acredita que os dois tem o mesmo conceito e cometem erros que comprometem projetos, relacionamentos e negócios.

Vamos ver se temos o perfil de líder ou gestor:

Um líder é focado em mobilizar pessoas, inspirar, ajudar as pessoas a formar opiniões, sensibilizar e tem uma habilidade de se comunicar invejável.

O líder não se alinha a hierarquia ou ao poder, ele tem um foco: gente. Ele trabalha esse fator com a liderar todos ao seu redor, independentemente da posição que os outros ocupam, com a finalidade de construir uma solução em conjunto e atingir um objetivo, com foco.

O verdadeiro líder é um exemplo para os liderados e também um verdadeiro identificador de novos talentos e líderes, ele se preocupa em formar pessoas novas para ocupar lugares de destaque e liderar novos grupos, se orgulha de ser um mentor.

Já o gestor está totalmente relacionado com os resultados, em transformar os recursos oferecidos em resultados sólidos, através de tomada de decisões, com uma capacidade crítica e analítica invejável.

Gerir é saber o que fazer, porque fazer, como fazer, quando fazer, onde fazer, com quem fazer, quanto fazer. Como dizemos no ditado popular: é fazer chover no molhado! Mas então, tendo esses dois modelos você já sabe onde se encaixa?

Leia mais:

5 dicas para melhorar a produtividade da sua equipe

4 dicas de gestão para empreendedora

Olha, o ideal é mesclar comportamentos de um líder/gestor. Saber compreender os anseios das pessoas para mobilizar em prol do seu projeto e ao mesmo conseguir lidar com a organização, planejamento, execução, acompanhamento e avaliação.

Para diferenciar melhor um do outro, podemos dizer que gerimos coisas e lideramos pessoas.

Acompanhe esse quadro para saber de maneira técnica a diferença:

Para nós que estamos à frente do negócio, precisamos muito tomar cuidado com a figura do “líder informal”. Essa pessoa é aquela que é respeitada, tem uma postura de líder pelos companheiros, mas só toma atitudes negativas em prejuízo ao nosso negócio.

Trabalhe o lado emocional, mas não esqueça de aprender sobre o seu negócio. Esteja sempre disposta a ouvir, compartilhar, incentivar e caminhar junto, e ao mesmo tempo tomar conta do seu empreendimento com rigor e sabedoria.

O espaço está limitado para gestores que não conseguem compreender e executar uma boa liderança, e líderes sem capacidade de gerir com eficiência. Estes não estão sendo bem aceitos pelos seus subordinados, gerando problemas para o ambiente.

É uma nova verdade de uma nova geração que procura qualidade de vida no trabalho, sem se importar muito com a grana e sim com o prazer de fazer o que gosta.

Procure analisar essas dicas com carinho, fazer uma avaliação própria e ajustar os erros de conduta. O mundo está mudando a todo momento e isso é um sinal de que nós também podemos e devemos mudar.