Aprender para melhorar é sempre bom. Conhecer ferramentas de gestão é essencial e hoje é dia de conversa sobre o ciclo PDCA e seus resultados.

De tanto ler no nosso blog, você já deve ter notado que estamos sempre em busca de melhores respostas, principalmente para melhorar e organizar.

Estou sempre buscando compartilhar experiências que façam com que o seu negócio cresça cada dia mais e te traga mais motivação e sabedoria, instigando sua vontade de prosperar.

1  PDCA não é só mais uma sigla

Essa sigla é representa um ciclo que significa P (Planejar), D (Desenvolver), C (Checar) e A (Agir). Esse processo vai te ajudar a dar qualidade aos processos, que é acompanhado de ações pré-planejadas e rotineiras.

É essencial que o ciclo seja seguido à risca e recomendável que seja feito um brainstorm para compreender o modelo a ser aplicado no seu negócio.

2  Porque que o ciclo PDCA?

Por meio dele vai ser possível montar métodos que vão possibilitar fazer um trabalho completo da ação, levando em conta identificar e corrigir falhas, na fase de controlar, para que se possa atingir um nível de excelência nas atividades.

Cada projeto que você for desenvolver em seu empreendimento é importante que trabalhe com a finalidade de checar as etapas e como sempre alertamos ter um planejamento para direcionar os colaboradores.

Colocar métricas em suas ações te possibilita gerenciar melhor e dosar aquilo que não vem rendendo resultados positivos.

Com essa ferramenta vai ser possível extrair o que de há melhor na nossa empresa, com informações eficientes e seguras.

Leia mais

3 indicadores de desempenho para medir o crescimento da sua empresa

Organização da empresa: o que você pode fazer para melhorar o seu negócio

3  Como colocar em prática?

Imagine que esteja montando um e-commerce e precise contratar funcionários e treiná-los para executar as atividades que precisa.

Pronto: pegue uma folha em branco e separe os quatro ciclos. Por exemplo:

P (preparar calendário de contratação e treinamento de novos colaboradores)

D (efetivar as contratações e promover o treinamento),

C (analisar se os funcionários compreenderam o treinamento, medindo o nível de cada um/medir se o calendário está sendo cumprido e as atividades não tem erros),

A (corrigir possíveis problemas/avaliar o treinamento/iniciar o trabalho).

Não tem erro, primeiro é planejar, depois executar, durante a execução checar/controlar/corrigir e para finalizar, se houver problemas na execução você deverá agir para colocar o projeto no eixo.

Essa é uma ferramenta que parece simples, mas um importante medidor de qualidade, que vai te proporcionar muitas melhorias. Precisamos entender que um processo para melhorias não é simples, muito menos deve ter prazo determinado, a melhoria deve ser contínua!

Aqui nós pensamos sempre na forma do ciclo PDCA, que atende aos objetivos e tudo aquilo que é pensado anteriormente, nos ajuda muito na organização do elaboração das decisões estratégicas.

Vamos lá, aplique o ciclo, volte para me contar tudo. E acompanhe o meu Facebook e Instagram pra saber das novidades e dicas.