Você conhece o perfil de quem se interessa pela sua empresa? Compreender o comprador é fundamental não só para a criação de novos produtos, mas também para a produção de conteúdo que orientará a conquista de novos clientes.

Os posts de blog ou de redes sociais de uma empresa não devem ser criados de formas aleatórias. Eles devem se comunicar com a audiência do seu negócio e atrair mais fechamento de vendas. Por isso hoje, vou te ensinar um recurso que vai facilitar o direcionamento dos temas: a criação de uma persona.

Além disso, vou explicar o conceito  para que você seja capaz de cumprir esse desafio de criar e montar uma persona.  Você vai aprender a fazer as perguntas certas e a utilizar essas informações de uma forma produtiva para que toda ação e tomada de decisão sejam direcionadas àquele perfil de clientes. Confira!

O que é Persona?

Persona é a representação semi-fictícia do seu cliente ideal. Ela deve ser  baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos seus clientes, assim como uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.

Se você possui uma base de clientes, esse será o lugar perfeito para começar sua pesquisa. Mesmo que você tenha muitos perfis diferentes de pessoas ou de empresas que consomem seu produto, alguns deles irão servir para exemplificar a sua persona.

Uma dica certeira é focar tanto em clientes satisfeitos quanto insatisfeitos. Pois nos dois casos, você certamente aprenderá algo sobre como o cliente percebe o seu produto e quais desafios/problemas seus clientes estão encarando.

Qual a diferença entre persona e público-alvo?

Algumas pessoas confundem os conceitos, mas uma coisa posso afirmar com certeza: persona e público-alvo não são a mesma coisa. Público-alvo é, de uma maneira geral, uma parcela abrangente da população para quem você vende seus produtos ou serviços. Já a persona, como falado acima, é a representação do seu cliente ideal, de forma mais humanizada e mais detalhada.

Veja um exemplo prático:

  • Público-alvo:Mulheres, de 24 a 30 anos, solteiras, graduadas em arquitetura, com renda média mensal de R$ 3.500. Pretendem aumentar sua capacitação profissional e gostam de viagens.
  • Persona: Maria Paula tem 26 anos, é arquiteta recém-formada e autônoma. Pensa em se desenvolver profissionalmente através de um mestrado fora do país, pois adora viajar, é solteira e sempre quis fazer um intercâmbio. Está buscando uma agência que o ajude a encontrar universidades na Europa que aceitem alunos estrangeiros.

Entendeu a diferença? Em um primeiro momento pode até soar muito parecido. Mas faz toda a diferença pensar em uma estratégia de marketing direcionada ao Maria Paula e não a um extenso público-alvo.

Leia Mais

Talento é chave do sucesso? Não, o nome disso é disciplina

5 coisas que você deve fazer pra ser uma empreendedora de sucesso

Vamos definir a sua Persona?

Passo 1

Chegou a hora de colocar a mão na massa, pois você já entendeu  o que é persona e qual a diferença de público-alvo. Separei aqui as perguntas que você deve fazer para seus clientes atuais. Quando você encerrar esse processo de entrevistas, terá uma boa base de dados brutos sobre os potenciais consumidores.

  • Quem é o seu potencial cliente? (características físicas e psicológicas do responsável pela compra)
  • Que tipo de assunto interessaria para ele sobre o seu setor?
  • Quais são as atividades mais comuns que ele realiza (tanto pessoal quanto profissionalmente)?
  • Qual seu nível de instrução? Quais seus desafios e obstáculos?
  • Que tipo de informações ele consome e em quais veículos?
  • Quais são seus objetivos, suas dificuldades e desafios?
  • No caso de produtos B2B, qual é o tipo de empresa que compra a sua solução? E qual o cargo de quem compra?
  • Quem influencia suas decisões?

Passo 2

Neste  passo, você precisa detalhar o perfil do cliente com as respostas obtidas. E com isso, você irá unificar as informações e criar o personagem em um documento. Quando fizer isso disponibilize para todos que possam se beneficiar do estudo que você fez. Algumas características que utilizamos para definir as personas aqui na Francisca Joias:

  • Nome da persona (fictício)
  • Sexo
  • Idade
  • Cargo/Ocupação
  • Ramo de atividade
  • Nível de escolaridade
  • Meios de comunicação utilizados
  • Objetivos da persona
  • Desafios da persona

Dica bônus: O Fantástico Gerador de Personas

Se você ainda sente um pouco de dificuldades na hora de criar a persona ideal para sua empresa, então utilize essa ferramenta mara. “O Fantástico Gerador de Personas é um passo-a-passo que vai auxiliar você na criação dessa persona. Ao final das etapas, a ferramenta disponibilizará para download um PDF com todas as informações da persona documentadas.”

Agora que você já tem sua persona, faça como eu. Imprima e cole na parede do seu setor de marketing. Dessa forma, seu time sempre saberá como criar a comunicação ideal para sua audiência.

Eu sei que são muitas informações novas para assimilar, por isso estou produzindo com a ajuda de minha equipe materiais ótimos para te apoiar nesse processo de crescimento do seu negócio. Me conte nos comentários o que você achou desse texto! Beijos <3