Decidir entre quantidade ou variedade é um dos maiores dilemas na vida do empreendedor, principalmente se o negócio for online. Por esse motivo, no post de hoje resolvi falar sobre essa grande questão, que paira a cabeça dos empreendedores, para te ajudar a enxergar uma luz no fim do túnel.

Quantidade ou variedade?

Antes de mais nada, é importante ressaltar que o modelo de negócios de uma loja física é diferente do modelo de negócios de uma loja online. É comum vermos uma loja física com bastante variedade porque isso atrai o cliente. Já na loja online essa prática não é viável e eu vou te explicar o porquê.

Imagina que tem uma blusinha linda para vender. Isso mesmo, só uma. Então você tira foto, faz uma descrição incrível, coloca no seu site, começa a divulgar nas redes sociais e no Whatsapp. Para aproveitar, também envia um e-mail marketing contando sobre a blusinha. Deu trabalho, certo? E em menos de uma hora você vendeu a blusinha. Então você tem que fazer todo o processo novamente com outro produto.

Veja, você perdeu todo esse tempo para vender apenas 1 produto.

Todo negócio online precisa pensar na seguinte palavra: escalabilidade. Quando você coloca em seu site e anuncia nas redes sociais, você está atingindo muita gente e você deve usar isso a seu favor, dessa forma, você dilui todos os gastos obtidos para divulgar esse produto.

Leia mais:
KPIs o que são e como utilizá-los
Você sabe calcular a taxa de conversão do seu negócio?

E como começar?

Calma, se você está começando a sua loja online, não precisa comprar mil peças de uma vez só. Mas, ao invés de comprar 1 peça de 20 modelos diferentes, comece comprando 4 peças de 5 modelos diferentes. Dessa forma, você já consegue diluir todo o trabalho para anunciar.

Uma dica é procurar por fornecedores que possam fornecer reposição do produto. Assim, você compra em menor quantidade, porém, pode ir abastecendo de acordo com as suas vendas.

Gostou da postagem de hoje? Essa e muitas outras estratégias você encontra no meu canal no Youtube e no Facebook e Instagram.

e-book-e-commerce-sabrina-nunes