A copa do mundo é o maior evento esportivo do planeta e ocorre a cada 04 anos. Os jogos são transmitidos por várias emissoras de televisão e acabam impactando na jornada de trabalho de muitas empresas.

Mas afinal as empresas são obrigadas a liberar seus funcionários para assistir os jogos da copa do mundo?

Jogos da copa do mundo x liberação de funcionário

As empresas não são obrigadas a liberar seus funcionários para os jogos da copa do mundo, mesmo nos dias dos jogos do Brasil.

Na legislação trabalhista não há nenhuma previsão legal que assegure os empregados o direito de suspender suas atividades profissionais durante o período de transmissão dos jogos da copa.

Nem mesmo para assistir no próprio ambiente de trabalho!

Dessa forma para que haja liberação nos jogos é preciso que o colaborador faça um acordo com a empresa, no qual pode se levar em consideração o banco de horas.

Em casos onde o empregador optar para que os jogos sejam assistidos na própria empresa esse tempo não deve ser descontado do funcionário visto que ele ficou a disposição da empresa.

Assim é possível concluir que a empresa pode liberar seu funcionário por meio de regulamento interno, acordo em convenção coletiva ou mera liberação.

Fica claro que a negociação é livre e varia para cada caso. As empresas tem flexibilidade de agir da melhor maneira para que não haja danos na produtividade.

Caso não haja uma negociação de liberação e o colaborador não compareça na empresa, é seu dever descontar em folha dia de trabalho, se de fato for injustificada.

Leia mais

7 regras para você usar na hora de tomar decisões difíceis

Conheça os melhores indicadores de produtividade

Liberar funcionário gera prejuízo

É preciso que você faça uma analise prévia dos custos que irá gerar para sua empresa a liberação de um funcionário para assistir os jogos da copa.

O interessante é que a negociação seja favorável para todos e assim a produtividade não seja prejudicada.

Gestão de Pessoas na prática

É hora de trabalhar com gestão de pessoas na prática, chamar as pessoas pra um acordo interno, trabalhar para que seja um consenso a decisão a ser tomada.

O quanto seus funcionários gostariam de assistir aos jogos do Brasil? Como isso impacta nas atividades diárias e nas entregas?

Como fica o atendimento ao cliente? Tem serviços emergenciais com prazo? analise com a sua equipe, mas faça para que você ganhe ainda mais a confiança das pessoas no ambiente de trabalho.

E você o que acha sobre a liberação de funcionários para assistir os jogos da copa?

Qual o seu posicionamento dentro de sua empresa?

 

Me sigam nas redes sociais, vejam minha novidades diariamente no stories do Instagram, te espero!