Sempre conversamos sobre planejamento, fazer um plano de negócio é muito complexo, mas precisamos saber que riscos vamos correr.

Como eu já disse em outra oportunidade, essa etapa é feita antes de tudo, não vamos atropelar os processos, porque isso é essencial para o nosso sucesso.

Talvez você não tenha o conhecimento necessário, mas vou te apresentar uma ferramenta para simplificar a sua vida.

1 Plano de negócio simplificado

Esse modelo que vou te apresentar hoje é muito simples e vai te dar uma ótima visão do que precisa fazer para prosperar.

Você vai precisar o MAT, que significa Metas, Ações para atingí-las e Tarefas para serem realizadas nas ações. Só com 3 análises você vai ter uma imensa ajuda para planejar o seu negócio.

O MAT é exatamente para aquelas pessoas que não estão acostumadas com técnicas de gestão, sendo um plano de negócio simplificado.

2 Eu preciso de um plano de negócio?

Com toda a certeza, sim! No Brasil, apenas 1% das empresas fez algo parecido com um plano de negócio quando abriu suas portas. Isso se dá porque a maioria deles não teve uma oportunidade de poder estudar para saber o que viabiliza ou não um negócio, e suas tomadas de decisões.

Apesar das várias recomendações dos especialistas sobre a importância dessa ferramenta, não se dá a devida importância e muitas empresas fecham suas portas antes de completarem 2 anos de existência.

Leia mais

• Como planejar minha empresa: conheça os primeiros passos

Devo fazer pesquisa de mercado?

3 Como fazer o MAT?

É muito simples, comparado ao plano de negócio completo, você vai precisar ter metas e estudar bem o mercado que quer se inserir. Pela sua simplicidade, ele tem suas limitações, mas é muito útil para pequenos empreendedores que estão começando a sua jornada agora.

Qual a sua meta? Responda essa pergunta com a maior sinceridade possível, como: faturar, no meu primeiro ano, R$ 4.000,00 por mês com limpeza de pele.

Para atingir a sua meta, você vai precisar planejar as suas ações, quais serão? Exemplo: ser a mais capacitada da região, oferecer cartão fidelidade, vender pacotes para família, fazer diversos convênios, etc.

Agora é a hora de ser mais detalhada e específica, chegou o momento de listar as tarefas para compor as ações e atingir as metas.

Os exemplos de tarefas são:

Ser a mais capacitada da região (ação) – Estudar na melhor instituição e fazer capacitações com os mais qualificados do mercado (tarefa);

Oferecer cartão fidelidade (ação) – Cada tipo de pele merece um tratamento diferenciado, por isso, a frequência vai premiar as clientes mais assíduas (tarefa);

Vender pacotes para a família (ação) – Está cada vez mais comum o afloramento da vaidade masculina, portanto, através da cliente principal, esposa ou filha, atingir a família completa com seu serviço (tarefa);

E por aí vai, como disse antes, a tarefa que compõe a ação e isso vai fazer toda diferença.

Tenha foco no seu negócio, aplique o MAT, ele vai te ajudar em várias coisas. Inclusive a planejar a evolução financeira. Mesmo que você seja uma microempreendedora individual, não vale a pena ficar pensando pequeno, deve ter metas claras de crescimento e evolução.

Tudo está pautado no planejamento e por ele, atingir o sucesso pode ser mais fácil e prazeroso, já que terá tudo programado. Depois volte aqui e me diga como foi a sua experiência, sucesso!